19  3251.3297

Localização



 

Coluna Sem Dor
Avenida Doutor Luís de Tella, 1615
Cidade Universitária II

Campinas - São Paulo CEP: 13083-000 - Brasil
(19) 3251-3297
 

 

 

 

Por: Felipe Ribeiro Mascarenhas  CREFITO-3 27386-F

                Fisioterapeuta

       www.colunasemdor.com.br


Prevenção: O tratamento mais indicado é a prevenção. Como diz o velho ditado: “é melhor prevenir do que remediar”.
Para prevenir temos que pensar em vários aspectos, desde a alimentação até hábitos diários. Excesso de peso e/ou mudanças bruscas de peso (engordar durante as férias, gravidez) podem levar a sobrecarga na coluna e a alterações posturais.


Posições inadequadas para trabalhar, mesmo no serviço doméstico também podem trazer problemas para a coluna.


Falta ou excesso de exercícios. E também o tipo de exercício realizado. No caso dos exercícios temos que observar ainda o equipamento utilizado para realiza-los. Esteiras rolantes sem amortecimento, calçado impróprio, quadra com piso muito duro são alguns exemplos que podem trazer sobrecarga para a coluna.


Posições que são mantidas por muito tempo, como por exemplo, quem trabalha (ou brinca) no computador pode trazer tensão para alguns grupos musculares, causando desconforto e dor.


A partir da hora que você tem uma dor, ou uma limitação na coluna, então você precisa de cuidados especializados,  podendo recorrer a tratamentos de diversas modalidades.


Remédios: São na maior partes das vezes paliativos, pois não atuam na causa, e sim no sintoma do problema. Lembre-se que remédios não mudam sua postura, nem alongam seus músculos. Algumas vezes a melhora acontece enquanto se toma o remédio, pois estes atuam sobre as inflamações, ou faz com que seus músculos se relaxem (mas isso pode te custar uma gastrite), isso é atuam na conseqüência e não na causa.

 

Os remédios podem ser usado como coadjuvantes de tratamentos fisioterapêuticos (osteopatia, RPG, Terapia
manualou acupuntura). Não use remédios sem a indicação de um Médico. (Fisioterapeutas, nutricionistas, psicólogos, massagistas não receitam remédios!)

 

 

Cirurgia: Só em caso extremos. É normalmente o ultimo recurso a ser usado. Toda cirurgia é um trauma para o organismo. Um trauma controlado, mas é um trauma. A cirurgias consiste em remover fisicamente o causador da dor, ou alterar a mecânica do corpo. (Sempre que há uma cirurgia há uma cicatriz, que também pode ser uma patologia).

 


Osteopatia: Indicado principalmente para casos agudos. Na maioria das vezes é o tratamento que trás maior resultado. A técnica consiste em realizar manobras sobre as estruturas da coluna com o objetivo de restaurar seus movimentos fisiológicos. É indicada para pessoas de qualquer idade, e as técnicas são realizadas sempre dentro do conforto do
paciente.

 


Acupuntura: Indicada para casos muito agudos onde é quase impossível que o paciente se movimente. Também tem ótimos resultados no caso de dores crônicas. A acupuntura consiste em inserir finas agulhas em pontos específicos, fazendo com que o corpo libere endorfinas (antiinflamatório natural). Estas endorfinas são substancias capazes de melhorar e aliviar dores de diversas patologias da coluna.

 


RPG: sua indicação é para aqueles indivíduos que possuem dores de origem postural, e dores devido à falta de flexibilidade. É um ótimo tratamento para crianças e adolescente, em fase de crescimento. Aumenta a flexibilidade da coluna e corrige alterações posturais através de alongamentos específicos.

 


Massagem: ótima indicação para aqueles que tem dores devido a tensões musculares, e para quem costuma sentir o “peso do dia nas costas”.

 


Terapia-Manual: Indicado para casos agudos e crônicos.

 


Back School: Indicado para todas as pessoas que sofrem ou sofreram algum tipo de dor na coluna, e para as pessoas que possuem fragilidade na coluna, como hérnias de disco, bicos de papagaio e cirurgias de um modo geral. Trata-se de uma técnica onde o indivíduo aprende a lidar de diversas formas com o problema que tem, além de aprender a realizar exercícios preventivos e de alívio para seu problema.

 


Também é interessante a associação das técnicas, pois não existe técnica infalível e o que é bom para uma pessoa pode não ser bom para outra, mesmo que tenham o mesmo probema.


O profissional que realiza Fisioterapia, Osteopatia, RPG, Acupuntura, Terapia Manual, tem a capacidade de realizar um bom diagnóstico, sabendo, portanto quais as indicações e contra indicações do seu tratamento. Sendo este profissional um Fisioterapeuta, ele pode ainda fazer o uso de exames complementares para ter sua conclusão.

 

Esse profissional tem a capacidade de realizar a maioria dos tratamentos possíveis para a coluna, caso o tratamento não esteja ao seu alcance ele também tem a capacidade de encaminha-lo a outro tipo de especialista.

 

 

Copyright © Todos os direitos reservado para Felipe Ribeiro Mascarenhas
 
Atenção!
Se você deseja reproduzir, ou divulgar esse texto deve inserir o nome do autor e o endereço do site www.colunasemdor.com.br logo abaixo do título do texto.

 

 

Leia Também

 

O que é hérnia de disco?

Devo fazer cirurgia para hérnia de disco?

Patologias da coluna

 Osteopatia e hérnia de disco

 

Nosso Osteopata

 

Dr. Felipe Mascarenhas C.O.

 

 

VOLTAR PARA ARTIGOS

 

 

 

         
             


   
 NEWSLETTER
 REDES SOCIAIS

Coluna sem Dor® - Produzido por Dinamicsite