19  3251.3297

Localização



 

Coluna Sem Dor
Avenida Doutor Luís de Tella, 1615
Cidade Universitária II

Campinas - São Paulo CEP: 13083-000 - Brasil
(19) 3251-3297
 

 

 

Por: Felipe Ribeiro Mascarenhas  CREFITO-3 27386-F

Fisioterapeuta

www.colunasemdor.com.br

 

Travell e Simons localizaram todos os Pontos Gatilhos (PG) e seus respectivos trajetos álgicos. Segundo eles, a Síndrome Dolorosa Miofascial é caracterizada por sintomas sensoriais, motores e autonômicos ocasionados pelos PG, sendo que este é uma zona hiper-irritável em um músculo associada com um nódulo palpável hiper-senssível localizado em uma banda tensa.
 
O PG é o foco de irritação no músculo, e quando comprimido é sensível no local e apresenta dor referida, nas suas proximidades ou à distância
 
Os PGs podem localizar-se sobre ligamentos, periósteo, tendões e ventres musculares, sendo esta última a sua localização mais comum e mais descrita. Para Chaitow esse ponto é uma estrutura palpável, sensível e localizada no interior dos tecidos moles, que está enviando impulsos neurológicos anômalos e nocivos para um local distante e que, sobre pressão, envia sintomas para essa área-alvo previsível.
 
Ainda não há consenso sobre o fenômeno dos PGs, mas sua existência clínica é inquestionável. A fisiopatologia estaria relacionada com a hipótese da crise energética, ou seja, ocorre uma traumática liberação de cálcio do retículo sarcocoplasmático, que combinado com ATP ativa o deslizamento da actina e miosina no sarcômero. Então se há excesso de cálcio intracelular, os complexos actina miosina ficam continuamente ativados, resultando em uma contratura muscular ou uma banda muscular tensa e ainda um alto consumo energético. Neste caso, a contração muscular está ocorrendo sem atividade elétrica, ou seja, sem um impulso neurológico, portanto não é possível que o individuo relaxe espontaneamente.
 
Segundo Travell e Simons, a distribuição da dor referida de um PG raramente coincide de forma completa com a distribuição de um nervo periférico ou com um dermátomo e intensidade e a extensão da dor referida depende do grau de irritabilidade do músculo e não do seu tamanho.
 
Quanto à incidência, acomete igualmente homens e mulheres e todas as faixas etárias inclusive crianças, embora haja um pico de incidência dos 30 aos 60 anos.
 
As etiologias mais comuns são estresse: anormal no músculo, pessoas com uma má postura, posturas estáticas por tempo prolongado, infecções crônicas, radiculopatia, problemas viscerais, hipotireoidismo, hipoglicemia, depressão, insônia, deficiência alimentar e trauma direto no músculo
 
Quanto ao diagnóstico, deve ser feito através de palpação da área tensa e do ponto, história, avaliação postural e avaliação funcional dos movimentos.
 
Os sinais e sintomas são: dor referida, diminuição da mobilidade, aumento da sensibilidade ao alongamento, fraqueza muscular devido a dor e fenômenos automáticos como suor anormal, salivação em excesso, coriza e lacrimação persistente, fraqueza.
 
Um PG pode estar latente ou ativo, sendo que um Ponto latente pode se tornar um Ponto ativo, porém o inverso nem sempre é verdadeiro. É ativo quando movimentos ou posturas fisiológicas normais causam dor. E é latente quando necessitam de certa estimulação mecânica para produzir dor.
 
Pontos satélites podem desenvolver-se em músculos que se situam no interior da região em que o paciente sente a dor, ou seja, na região do padrão de dor referida, e se tratados e o PG de origem for ignorado, de nada servira o tratamento.
 
 
Copyright © Todos os direitos reservado para Felipe Ribeiro Mascarenhas
 
Atenção!
Se você deseja reproduzir, ou divulgar esse texto deve inserir o nome do autor e o endereço do site www.colunasemdor.com.br logo abaixo do título do texto.

 

 


   
 NEWSLETTER
 REDES SOCIAIS

Coluna sem Dor® - Produzido por Dinamicsite